O diário de um congresso – sétima parte

https://i1.wp.com/img403.imageshack.us/img403/6444/blog2ts1.jpg

Começamos a segunda parte de nossas vigílias de preparação para o congresso. Tivemos um detalhe bem especial em nossa sétima noite: fizemos a vigília no local do evento! Por isso não temos fotos ou vídeos por aqui, afinal, não queremos estragar a surpresa não é? Assim como vocês, temos muita expectativa para o que Deus vai fazer durante os três dias mais esperados de novembro.

Esta foi a primeira vigília que fizemos depois do ano novo e o clima de volta a Jerusalém era perceptível por lá. De uma forma bem espontânea, adoramos a Deus com sons que nos lembravam o deserto, os povos semitas. Era como se enxergássemos o deserto e Yahweh escolhendo aquele lugar para que o tabernáculo fosse construído.

Temos notado que o nosso congresso ocorre em locais especiais. No ano passado, nossa oração era para que a Glória de Deus varresse a praia de pajuçara, a mais famosa de nossa cidade, mas onde também ocorrem muitos crimes e prostituição. Este ano, o Senhor escolheu o Centro Educacional Antônio Gomes de Barros, o maior complexo educacional em educação básica da América Latina, que foi construído em 1968 [Galera que foi em Brasília, isso lembra algo a vocês?], e onde muitos estudantes passam, às voltas com os problemas que assolam a juventude em nossa nação. Ele escolheu este lugar para que um tabernáculo fosse construído nele. A manifestação de Sua Presença nos levou a celebrar muito no final da vigília.

Por fim, era hora de fazer petições. Ouvimos uma palavra sobre o famoso cego de jericó. Hoje é Jesus quem nos pergunta “o que queres que eu te faça?” Dê a sua resposta ao Senhor. Ele fará.

A propósito, envie seus pedidos de oração para a nossa campanha, ainda está valendo! Basta enviar os pedidos de oração de sua rede jovem para projetojoel2@hotmail.com. Porque Ele quer que você venha a esta festa no deserto! Aleluia.

Anúncios

2 Responses to “O diário de um congresso – sétima parte”


  1. 1 Jonys outubro 7, 2008 às 3:39 pm

    Aleluia! As palavras desse blog me agradam tanto!

    Ah, que pena que não teve vídeo pra gente ver essa semana. Mas vocês estão perdoados. Foi por uma boa causa. rs
    Se o ano de 1968 nos lembra alguma coisa? É claro que lembra! Não esqueço da gente detonando a rebeldia, desobediência e os marcos deixado pela geração de 1968. Agora, Deus nos leva a uma novo rumo: conquista da educação brasileira. Creio que a escolha desse local não foi em vão. A disciplina e a educação também fazem parte do Reino de Deus e precisam ser resgatados, principalmente no meio de nós, jovens. Foi no deserto que Deus entregou a Lei a Israel. E será em meio ao “deserto” que Deus nos revelará seus princípios. E como você falou Jeff, Deus também escolheu o deserto para construir o tabernáculo. Que seja levantado um tarbernáculo de louvor e adoração para que a presença Dele se estabeleça entre nós.
    Estou na expectativa.

    Obs.: Simular o clima de deserto em Maceió não será muito difícil. O calor é grande.rs Mas é claro, não faltam Oásis.

  2. 2 klaudio handsome outubro 8, 2008 às 11:13 am

    hehehehehehe….
    Não falta oasis mesmo jonys..
    heheheheh

    a vigilia foiiii xuuuuuuuu…..
    imagine o congresso!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Que dia é hoje?

outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Twitter J2

anote!

widget
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: